Definição

A definição mais simples de montanhismo consiste no acto de ascender montanhas em condições de média montanha. Mas de facto é muito mais do que isso.

O montanhismo é praticado desde tempos imemoriais pelo Homem por outros motivos que não desportivos: construção de altares em lugares proeminentesperegrinaçõescontrole e vigia de territóriopastoreio e contrabando, entre outros.

Durante o século XVIII, a actividade de subir montanhas ganhou maior projecção através de grupos de investigadores que pretendiam estudar o ambiente das terras altas. Esta actividade foi particularmente importante nos Alpes devido aos seus grandes glaciares.

No entanto, em Portugal só durante o século XIX se vieram a realizar expedições cientificas com forte componente de montanhismo (p.e. a Expedição de 1881 no Planalto Central da Serra da Estrela).

Nascimento

Mas o montanhismo enquanto desporto como hoje melhor o conhecemos considera-se ter nascido em Chamonix no ano de 1760 quando Horace-Benedict de Sauddure (um jovem cientista) decidiu que escalaria o topo do Monte Branco ou pelo menos seria responsável por alguém executar tamanha façanha. Decidiu então, oferecer um prémio monetário ao primeiro homem que o conseguisse. Passados 26 anos Michel-Gabriel Paccard (médico local) e o seu carregador, Jacques Balmat reclamaram este prémio ao alcançarem o topo do Monte Branco pela sua face norte.

Cerca de 80 anos depois deu-se o segundo grande feito na história do Montanhismo com a fantástica ascensão do pico Matterhorn pelo inglês Edward Whymper. Um século mais tarde os montanhistas Suíços criaram uma casa de guias cuja capacidade de liderança ajudou o Montanhismo a tornar-se uma actividade reconhecida e praticada pelas montanhas de todo o mundo.

Em Portugal

Portugal não é excepção apesar das suas montanhas de média altitude. Hoje em dia, são cada vez mais os praticantes desta actividade nos montes e serras de Portugal. De Norte a Sul temos montanhas com características diversas que nos permitem praticar as bases das diversas técnicas que compõem o Montanhismo.

Muitos praticantes utilizaram as condições que dispomos no nosso território para adquirirem a experiência necessária para conseguirem concretizar sonhos mais ambiciosos em montanhas mais ou menos distantes.

Desde o seu inicio que o a montanha é uma das principais áreas de intervenção dos associados da Desnível. A sua secção de montanhismo procura apoiar a formação nas áreas da Média e Alta Montanha apostando na autonomia desde muito cedo, na correcta avaliação das competências e na qualidade e continuidade da formação.

Esperamos assim contribuir para que mais e mais montanhistas Portugueses pratiquem esta actividade e subam cada vez mais alto!